Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Dois tempos

A gigante alemã Thyssen-Krupp está neste momento fazendo dois movimentos opostos no Brasil. Com uma das mãos finaliza a venda da encrencada siderúrgica CSA, instalada no Rio de Janeiro. Com a outra, decidiu instalar em Poços de Caldas (MG) uma fábrica de autopeças, num investimento total de 250 milhões de reais.

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 06h49 - Publicado em 21 fev 2013, 18h51

CSA: quem vai levar?

A gigante alemã Thyssen-Krupp está neste momento fazendo dois movimentos opostos no Brasil.

Com uma das mãos finaliza a venda da encrencada siderúrgica CSA, instalada no Rio de Janeiro.

Com a outra, decidiu instalar em Poços de Caldas (MG) uma fábrica de autopeças, num investimento total de 250 milhões de reais.

Continua após a publicidade
Publicidade