Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Diretor da OPAS defendeu uso de máscaras para vacinados

Jarbas Barbosa defendeu adoção de medidas sanitárias mesmo com vacina

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 10 jun 2021, 18h35 - Publicado em 10 jun 2021, 18h25

O vice-diretor da Organização Pan-americana de Saúde, Jarbas Barbosa, disse nesta quinta que as medidas que reduzem a circulação do vírus da Covid-19 devem continuar a ser tomadas pelas pessoas que já tenham sido vacinadas ou que já pegaram a doença. 

Isso significa, portanto, que as pessoas devem manter o uso da máscara e evitar aglomerações. A orientação é para que todas as pessoas continuem engajadas no cumprimento das medidas sanitárias a despeito do avanço da vacinação. 

A fala do dirigente, dita no início do dia durante uma entrevista à CNN, serve de resposta direta à afirmação da noite desta quinta do presidente Bolsonaro, que disse discutir com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, uma forma de derrubar a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais públicos no país. 

Segundo o presidente, a máscara poderia deixar de ser obrigatória para aqueles que já se vacinaram ou que já tiveram a doença. O presidente, contudo, não explicou como isso ocorreria.  

Apesar de casar com o assunto, o apelo de Barbosa, para que as pessoas continuem se cuidando mesmo com o avanço da vacinação, ocorreu antes da bravata presidencial.

Continua após a publicidade
Publicidade