Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Compadre de Lula vai a Nova York tratar Parkinson

Roberto Teixeira foi condenado a três anos de prisão

Por Ernesto Neves - 20 fev 2019, 18h01

Condenado pela juíza Gabriela Hardt a três anos de prisão por lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia, o advogado Roberto Teixeira irá a Nova York no dia 19 de março.

O motivo da viagem, segundo a defesa de Teixeira, é uma consulta com um médico especialista em Mal de Parkinson. 

Amigo do ex-presidente Lula, Teixeira também é réu na ação penal que investiga o suposto pagamento de propina de 12,5 milhões de reais da Odebrecht a Lula, por meio de um terreno que abrigaria o instituto que leva o nome do ex-presidente e uma cobertura vizinha à residência do petista em São Bernardo.

 

Continua após a publicidade
Publicidade