Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Como será a sessão ‘bota-fora’ de Marco Aurélio Mello no STF

Julgamento desta quarta no Supremo será o último com o decano, que deixará a Corte após o recesso de julho

Por Robson Bonin Atualizado em 30 jun 2021, 11h00 - Publicado em 30 jun 2021, 08h30

O STF vai realizar nesta quarta a última sessão de julgamentos com o decano da Corte, ministro Marco Aurélio Mello, na composição do plenário.

Com a chegada do recesso julho, como revela o Radar na edição de VEJA que está nas bancas, os ministro farão na quinta uma sessão de homenagens ao decano, com muitos discursos e surpresas.

Por causa disso, a “sessão bota-fora” de trabalho será nesta quarta mesmo. São cinco ações na pauta, sendo quatro do decano.

LEIA TAMBÉM: Marco Aurélio Mello: Balanço sem culpas

Um recurso que discute se a Justiça Federal pode processar e julgar ação rescisória proposta pela União para anular decisão de juiz estadual não investido em competência federal.

Uma ação do Paraná contra a União para que o tribunal reconheça que o estado tem o direito a receber a arrecadação do imposto de renda retido na fonte incidente sobre os rendimentos pagos pelo próprio estado ou por suas autarquias e fundações.

Uma ação do governo do Paraná contra resolução do Tribunal de Contas do estado, que instituiu o Sistema Integrado de Transferências (SIT).

Ação da OAB contra lei do estado do Paraná que altera o quadro de cargos do Poder Legislativo local, pela criação de cargos comissionados.

Continua após a publicidade
Publicidade