Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Briga pela CMO já desgasta Arthur Lira no Planalto

Atraso na definição da comissão que vota o orçamento mostra que disputa pela presidência da Câmara já atrapalha interesses do governo

Por Robson Bonin Atualizado em 13 out 2020, 12h23 - Publicado em 13 out 2020, 17h28

Essa briga entre Arthur Lira (PP) e Elmar Nascimento (DEM) pelo comando da Comissão de Orçamento do Congresso tem agradado a aliados do presidente da Casa, Rodrigo Maia.

É que Lira e Nascimento, amigos de longa data, entraram em guerra por causa da intenção do aliado de Maia de também disputar o comando da Câmara, cargo cobiçado por Lira. A dupla tinha um acordo pelo qual Nascimento comandaria a comissão, caso não queimasse a largada na disputa pela presidência da Casa.

O acordo já não existe, a briga segue e já provoca atrasos na formação da comissão, o que gera preocupações no Planalto. Com o avanço de Fabio Faria e de Ricardo Barros nas articulações do governo, Lira também perdeu força na campanha para ser o principal nome do palácio na sucessão de Maia.

Quanto menos Lira e outros deputados se entenderem sobre questões de interesse do governo, como avançar nas matérias do orçamento, melhor é para quem defende o projeto de reeleição de Maia ou mesmo um nome do campo político dele.

Continua após a publicidade
Publicidade