Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Brasil só supera China e Vietnã em ranking de computação em nuvem

O Brasil aparece em antepenúltimo lugar de um ranking inédito de 24 países que avalia a infraestrutura para computação em nuvem, elaborado pela BSA, associação internacional que reúne empresas de softwares. O país ficou na frente apenas de China e Vietnã. A pesquisa leva em conta sete áreas: privacidade de dados, segurança, cybercrime, propriedade intelectual, suporte à indústria e legislação, […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h54 - Publicado em 25 abr 2016, 20h07
compras internet

Vazio legal do e-commerce entre deficiências

O Brasil aparece em antepenúltimo lugar de um ranking inédito de 24 países que avalia a infraestrutura para computação em nuvem, elaborado pela BSA, associação internacional que reúne empresas de softwares. O país ficou na frente apenas de China e Vietnã.

A pesquisa leva em conta sete áreas: privacidade de dados, segurança, cybercrime, propriedade intelectual, suporte à indústria e legislação, incentivo ao livre mercado e infraestrutura. O estudo pontua cada um desses itens para chegar ao resultado final.

O Brasil fechou com 48,5 pontos no total, 4,4 acima do resultado da última edição, realizada em 2013.

Entre as deficiências no país, a BSA aponta que não há regulamentação detalhada para assegurar a privacidade de dados, legislação específica para o e-commerce e para portabilidade de informações.

Continua após a publicidade
Publicidade