Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Autorização para importar maconha medicinal cresce 127% em 2021

Produtos derivados da cannabis, sobretudo o óleo de canabidiol (CBD), são utilizados no tratamento de doenças como epilepsia e Parkinson

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 19 jul 2021, 12h43 - Publicado em 20 jul 2021, 12h30

O número de autorizações para importação de cannabis medicinal no país cresceu 127% apenas neste ano.

As concessões passaram de 4.532, no primeiro quadrimestre de 2020, para 10.289, no mesmo período de 2021.

Os dados são da Anvisa e foram obtidos via Lei de Acesso à Informação pela Hempmeds, importadora dos insumos no Brasil.

Os produtos derivados da cannabis, sobretudo o óleo de canabidiol (CBD), são utilizados no tratamento de doenças como epilepsia, Parkinson, dor crônica, câncer e Alzheimer.

Continua após a publicidade
Publicidade