Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Após baixaria em prévias, PSDB prevê desfiliações em massa em SP

O clima de guerra das prévias do PSDB em São Paulo durou até a apuração, que se estendeu pela madrugada de segunda-feira. A disputa será definida em segundo turno entre João Doria Jr., que saiu na frente na primeira fase, e Andrea Matarazzo. Torcidas parecidas com as de time de futebol cercavam a sala de […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 23h25 - Publicado em 29 fev 2016, 11h47
Partido ou torcida organizada?

Partido ou torcida organizada?

O clima de guerra das prévias do PSDB em São Paulo durou até a apuração, que se estendeu pela madrugada de segunda-feira. A disputa será definida em segundo turno entre João Doria Jr., que saiu na frente na primeira fase, e Andrea Matarazzo.

Torcidas parecidas com as de time de futebol cercavam a sala de apuração, no nono andar da Câmara Municipal. De um lado, apoiadores de Doria Jr. entoavam o grito de guerra “456 é Kassab outra vez”, numa referência ao número de Matarazzo na disputa e o fato de ele ter sido secretário de Gilberto Kassab na prefeitura.

Do outro, o grupo do vereador gritava: “Dólar [em vez de Doria] guerreiro do povo com dinheiro”.

Os dois lados discordam em tudo, menos em um ponto: depois das cenas de pancadaria e o nível das acusações de domingo, é completamente impossível que o PSDB chegue unido à eleição em São Paulo, qualquer que seja o resultado. No cenário mais provável, de vitória de Doria, são previstas desfiliações do PSDB, principalmente de vereadores.

 

Continua após a publicidade
Publicidade