Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Após almoço com Bolsonaro, embaixador dos EUA fará teste para Covid-19

Os dois, além de outras autoridades, se reuniram na embaixada no último domingo

Por Evandro Éboli - Atualizado em 6 jul 2020, 22h53 - Publicado em 6 jul 2020, 22h38

O embaixador dos Estados Unidos, Todd Chapman, que recebeu Jair Bolsonaro para um almoço no último domingo, também se submeterá a exames para detectar ou não presença do vírus da Covid-19, a exemplo do presidente brasileiro.

Chapman não apresenta sintomas, segundo informou a embaixada, mas está tomando as devidas precauções, irá fazer os exames e seguir todos os protocolos.

“Nossos dois governos mantêm uma comunicação contínua, incluindo sobre esse caso. Desejamos as melhoras para o presidente Bolsonaro”, informou a embaixada dos Estados Unidos.

Além de Bolsonaro, cinco ministros e o deputado Eduardo Bolsonaro participaram do almoço em homenagem à independência americana.

Continua após a publicidade

 

Publicidade