Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Apoiadores de Leite tentam barrar aliados de Doria no PSDB

Deputados apresentaram denúncia contra supostas filiações irregulares que favoreceriam o governador de SP nas prévias

Por Laísa Dall'Agnol Atualizado em 21 out 2021, 15h43 - Publicado em 21 out 2021, 15h31

A disputa entre João Doria e Eduardo Leite tem se acirrado no ninho tucano.

Nesta quinta, presidentes de quatro diretórios estaduais do PSDB — Bahia, Ceará, Rio Grande do Sul e Minas Gerais — apresentaram à Executiva Nacional do partido um requerimento de “providências” a respeito da filiação de prefeitos do estado de São Paulo.

A oficialização dos políticos na sigla, realizada em julho deste ano e conduzida pelo governador João Doria, é acusada de ser uma forma de favorecer o paulista na disputa das prévias que definirão quem será o candidato tucano à presidência da República, no ano que vem.

Isso, porque os prefeitos e vice-prefeitos recém-filiados garantiriam mais votos a Doria.

De acordo com os quatro dirigentes dos diretórios estaduais que entraram com a representação, a filiação foi feita fora do prazo que permitiria o direito ao voto nas prévias, que seria 31 de maio deste ano.

O presidente do partido, Bruno Araújo, anunciou que “pedidos de impugnação são naturais em qualquer processo eleitoral” e que a solicitação formalizada “será analisada com absoluta serenidade e já foi encaminhada para a Executiva Estadual de São Paulo para esclarecimentos”.

Eduardo Leite, por sua vez, foi ao Twitter falar sobre o caso. “Lamento que isso esteja acontecendo e espero que não se confirme a suposta fraude. Confio nos encaminhamentos da direção nacional para os esclarecimentos”, publicou em sua conta.

Continua após a publicidade

Publicidade