Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Anvisa suspende importação da vacina Covaxin

Compra de imunizante indiano está em apuração pela CPI

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 27 jul 2021, 11h52 - Publicado em 27 jul 2021, 11h46

A Anvisa anunciou que suspendeu a autorização de importação da vacina indiana Covaxin. A decisão foi tomada nesta terça, 27, pela direção colegiada da agência reguladora, em votação unânime.

A suspensão ocorreu depois que o laboratório responsável pela fabricação do imunizante, Bharat Biotech, afirmou que a empresa brasileira Precisa Medicamentos não tem mais autorização para negociar vacinas em seu nome. 

A compra de doses da Covaxin pelo Ministério da Saúde por meio de empresas intermediárias está sob investigação da CPI da Pandemia no Senado depois que o deputado Luiz Miranda denunciou suspeitas de superfaturamento no processo.

Segundo a Anvisa, os fatos surgidos durante a apuração da CPI– no caso inconsistências sobre a nota fiscal da encomenda dos imunizantes– poderiam impactar conclusões da agência com relação “aos aspectos de qualidade, segurança e eficácia da vacina a ser utilizada na população”.

Continua após a publicidade
Publicidade