Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Alaíde Costa canta composições de Johnny Alf em live

Iniciativa é do Museu Afro Brasil.

Por Manoel Schlindwein - Atualizado em 11 ago 2020, 17h23 - Publicado em 11 ago 2020, 17h32

Na próxima quinta-feira, às 19h, os canais do Youtube e Facebook do Museu Afro Brasil serão palco para a cantora Alaíde Costa revisitar as canções de Johnny Alf. A live, comandada pela dona de uma das vozes mais marcantes da música brasileira, presta homenagem ao pianista precursor da bossa nova.

Com produção de Thiago Marques Luiz, o show é um reencontro da cantora carioca com os repertórios de seu grande amigo. É, ainda, uma ação de salvaguarda das trajetórias de personalidades negras que tanto contribuíram para a difusão da bossa nova.

Nascida em 1935, no subúrbio carioca do Méier, Alaíde Costa iniciou suas atividades no canto por influência de um irmão. Ainda jovem, recebeu a nota máxima ao interpretar um samba no programa de calouros de Ary Barroso. Na década de 1950, ficou amiga de João Gilberto, que a aproximou de nomes como Tom Jobim, Carlos Lyra, Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli. Em 1972, gravou Me deixa em paz, música do disco Clube da Esquina.

Publicidade