Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A seleção na mídia

Um estudo inédito da consultoria Informídia revela a força da seleção brasileira na mídia mesmo com a má fase dos últimos tempos e os baixos investimentos em publicidade da CBF. Em 2011, a seleção apareceu na TV durante 1 134 horas – somadas as transmissões ao vivo ou em videotape de jogos e as reportagens […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 09h24 - Publicado em 5 mar 2012, 14h37

Mesmo em má fase, seleção ainda é muito badalada

Um estudo inédito da consultoria Informídia revela a força da seleção brasileira na mídia mesmo com a má fase dos últimos tempos e os baixos investimentos em publicidade da CBF.

Em 2011, a seleção apareceu na TV durante 1 134 horas – somadas as transmissões ao vivo ou em videotape de jogos e as reportagens exibidas. Em jornais e revistas, foram 7 297 reportagens, o que equivale a mais de 2 000 páginas de exposição na imprensa escrita.

Em valores de mercado, se a CBF tentasse pagar por todo esse espaço gastaria cerca de 4 bilhões de reais, 13 vezes mais do que todo o seu faturamento anual.

Continua após a publicidade
Publicidade