Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Conteúdo para assinantes

A mágoa de Bolsonaro com Paulo Marinho

Presidente não gostou de ver o suplente de Flávio no projeto eleitoral de João Doria

Por Robson Bonin Atualizado em 28 jun 2019, 15h50 - Publicado em 28 jun 2019, 11h02

Quem conversa com o presidente diz que Jair Bolsonaro não ficou bravo com João Doria, por ter participado de uma espécie de jantar-lançamento de candidatura na mansão do empresário Paulo Marinho no Rio. O presidente não espera nada do tucano.

Afinal, Doria, de fato, já disputa com Bolsonaro os holofotes de 2022, como a briga sobre o GP da F1 mostrou nesta semana. O presidente ficou magoado mesmo foi com Marinho, que é suplente de Flávio Bolsonaro no Senado, mas já pulou da canoa bolsonarista.

Publicidade