Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A hora de Campos

O encontro dos governadores, hoje, em Brasília, serviu como massagem no ego de Eduardo Campos. Juntos, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e os anfitriões, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, não receberam nem um décimo do assédio de repórteres e parlamentares a Eduardo Campos. Perguntado se a diferença de tratamento era apenas resultado da estratégia de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 06h41 - Publicado em 13 mar 2013, 19h29

Alvo da vez

O encontro dos governadores, hoje, em Brasília, serviu como massagem no ego de Eduardo Campos. Juntos, Aécio Neves, Geraldo Alckmin e os anfitriões, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, não receberam nem um décimo do assédio de repórteres e parlamentares a Eduardo Campos.

Perguntado se a diferença de tratamento era apenas resultado da estratégia de não se lançar candidato a custo algum, Campos esnobou:

– Estava cercado (de jornalistas), nem notei (se houve essa diferença).

Continua após a publicidade
Publicidade