Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A desgraça de Ideli

A propósito do depoimento na CPI mista do Cachoeira, outra que sofreu na mão de Luiz Antonio Pagot, ontem, foi Ideli Salvatti. Depois de assistir às revelações do ex-comandante do Dnit, teve assessor petista no Planalto lamentando a falta de um julgamento do mensalão (o STF não se reuniu ontem) para dividir os holofotes com […]

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2017, 13h35 - Publicado em 29 ago 2012, 18h27

Uma ajuda na campanha

A propósito do depoimento na CPI mista do Cachoeira, outra que sofreu na mão de Luiz Antonio Pagot, ontem, foi Ideli Salvatti. Depois de assistir às revelações do ex-comandante do Dnit, teve assessor petista no Planalto lamentando a falta de um julgamento do mensalão (o STF não se reuniu ontem) para dividir os holofotes com Ideli. Já no plenário da comissão, feliz da vida com a desgraça de Ideli estava a oposição. Veja Rubens Bueno:

— Do jeito que a coisa vai, a Ideli vai acabar no Ministério da Defesa. É que para arrumar dinheiro pra campanha ela ataca por terra, no Dnit, e pela água, nas lanchas da Pesca. Só falta agora arrecadar no ar.

Publicidade