Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A conexão de Eduardo Cunha com o megadoleiro Dario Messer

Ele chegou a abrir um banco para lavar dinheiro

Por Ernesto Neves Atualizado em 3 Maio 2018, 15h33 - Publicado em 3 Maio 2018, 13h03

Apontado pelo MPF como um dos operadores financeiros de Eduardo Cunha, Benjamim Katz era cliente do doleiro Dario Messer principal alvo da operação da Lava-Jato nesta quinta (3). 

Segundo o MPF, Messer abriu um banco em Antígua e Barbuda chamado EVG destinado exclusivamente à lavagem de recursos. Ele repartia os lucros com Enrico Machado.

A lista de clientes do banco criminoso inclui ainda Arthur Cesar Menezes Soares Filho, empresário conhecido como Rei Arthur. Ele está atualmente foragido nos Estados Unidos.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade