Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

A atriz que está sendo cobrada por condomínio atrasado no Leblon

Segundo consta em processo que corre na 9ª Vara Cível do Rio, dívida é de R$ 4.649; atriz diz que débito foi contraído por antigo inquilino

Por Lucas Vettorazzo Atualizado em 19 nov 2021, 11h48 - Publicado em 14 nov 2021, 18h01

A atriz Cláudia Abreu está sendo cobrada na Justiça do Rio a quantia de 4.649 reais referentes a cotas de condomínio em atraso de um apartamento no Leblon, na zona sul do Rio.

O processo movido pelo condomínio do prédio requer o pagamento das taxas entre dezembro de 2018 e junho de 2019 e corre na 9ª Vara Cível da Capital. Procurado pelo Radar, o advogado do prédio, Fernando de Almeida, afirmou que a atriz ainda não foi notificada e que espera o pagamento assim que isso ocorrer.  

ATUALIZAÇÃO – 16/11-2021 – 18h10
Esta coluna informou de maneira incorreta que o advogado Fernando de Almeida representaria Cláudia Abreu no processo. Ele, na verdade, representa o condomínio que está cobrando a dívida. O texto foi corrigido.

A assessoria de imprensa de Cláudia Abreu entrou em contato com o Radar para esclarecer que a dívida citada foi feita por um antigo inquilino de um flat que a atriz possui no Leblon. Ela teve conhecimento do débito pela publicação da nota do último dia 14. Atualmente, uma imobiliária cuida da administração do apartamento e os atrasos teriam ocorrido antes da chegada da administradora. A atriz, ainda de acordo com nota de sua assessoria, não foi notificada, nem pelo condomínio e nem pela Justiça. “O assunto já foi sanado”, diz.

Continua após a publicidade

Publicidade