Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

46 bilhões de dólares

De acordo com dados do próprio governo, o vermelho da conta-petróleo do Brasil ficou mais vibrante em novembro. Até outubro, essa conta era deficitária em 13,4 bilhões de dólares. Agora, de janeiro a novembro, o déficit da exportação de petróleo e derivados menos a importação de petróleo, derivados e gás natural alcançou 14,6 bilhões de […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 02h24 - Publicado em 30 dez 2014, 16h58
A produção cresceu

Exploração de petróleo: momento ruim

De acordo com dados do próprio governo, o vermelho da conta-petróleo do Brasil ficou mais vibrante em novembro. Até outubro, essa conta era deficitária em 13,4 bilhões de dólares.

Agora, de janeiro a novembro, o déficit da exportação de petróleo e derivados menos a importação de petróleo, derivados e gás natural alcançou 14,6 bilhões de dólares.

Nos 47 meses do governo Dilma, o vermelho da conta-petróleo bateu os 46,02 bilhões de dólares.

Continua após a publicidade

Publicidade