Clique e assine a partir de 9,90/mês
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Universidades públicas a perigo

O que se trama

Por Ricardo Noblat - 8 Jul 2019, 09h00

Guardado a sete chaves, mas já concluído pelo Ministério da Educação e Cultura com o aval da equipe econômica do governo, um projeto que prevê profunda reforma nas universidades públicas deverá ser anunciado nos próximos dias. No máximo, ficará para depois da aprovação da reforma da Previdência.

Para reduzir de forma permanente e profunda o orçamento federal para as universidades públicas, a intenção do governo é flexibilizar o modelo atual de gestão e permitir que elas atuem como empresas. Significa poder demitir e captar recursos prestando serviços e firmando contratos com empresas privadas.

A etapa seguinte seria congelar os orçamentos em patamares baixos e deixar de financiar qualquer projeto que ultrapasse esses limites, inclusive pesquisas e contratações. A cobrança de mensalidades pelas instituições que hoje oferecem serviços gratuitos também seria permitida, como forma de financiamento.

As informações são do TAG Report, das jornalistas Helena Chagas e Lydia Medeiros.

Publicidade