Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em disputa, o Ministério da Defesa

Fardas agitadas

Por Ricardo Noblat 28 fev 2018, 11h00

Se dependesse dos generais de quatro estrelas, o presidente Michel Temer já teria nomeado o general da reserva Joaquim Silva e Luna para ministro da Defesa. Por ora, ele é apenas ministro interino.

Se dependesse dos chefes militares da Marinha e da Aeronáutica, Temer já teria nomeado mais um civil para cuidar do ministério. O cargo sempre foi de um civil desde que foi criado em junho de 1999.

O protagonismo do Exército sempre incomodou almirantes e brigadeiros. E é por isso que eles preferem que um civil assuma o ministério. Temer decidirá a respeito nas próximas semanas.

Até lá, haverá muito movimento entre os fardados. Começou desde que eles souberam da saída de Raul Jungmann do Ministério da Defesa. Oficiais que ali poderiam assinar ordens, já não assinam.

Continua após a publicidade
Publicidade