Clique e assine com até 92% de desconto
Noblat Por Coluna O primeiro blog brasileiro com notícias e comentários diários sobre o que acontece na política. No ar desde 2004. Por Ricardo Noblat. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bolsonaro torce para que Boulos derrote Covas

Acha que para sua reeleição em 2022 seria melhor

Por Ricardo Noblat Atualizado em 20 nov 2020, 13h16 - Publicado em 20 nov 2020, 09h00

Naturalmente, ele não admitirá em público. Bateria de frente com seus seguidores, seria acusado de só pensar na própria reeleição e poderia prejudicar Guilherme Boulos (PSOL).

Mas Jair Bolsonaro concluiu que só terá a ganhar politicamente se Boulos derrotar Bruno Covas (PSDB). Ele escolheu o governador João Doria (PSDB) como seu maior inimigo em 2022.

Uma derrota de Covas enfraqueceria o projeto de Doria de disputar a próxima eleição presidencial. E a Doria, Bolsonaro atribuiria o fortalecimento da esquerda em São Paulo.

De resto, sem Lula no páreo como candidato do PT, Bolsonaro faria de Boulos e do PSOL o seu saco de pancada preferido, ignorando Doria. Para ele, polarizar a eleição com a esquerda é preciso.

Continua após a publicidade
Publicidade