Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A sorte de Flávio e do pai

Mais um rolo

Pare para pensar: e se em plena campanha eleitoral no ano passado tivesse vazado a informação de que o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL) estava sendo investigado pelo Núcleo de Combate à Corrupção do Ministério Público Federal do Rio de Janeiro por suspeita de enriquecimento ilícito?

Que impacto sofreria a candidatura dele ao Senado? E, por tabela, a candidatura do pai a presidente da República? São dois homens de muita sorte, convenhamos. Tanto mais porque também não se ficou sabendo à época da ligação deles com milicianos.

Flávio começou a ser investigado em maio último por determinação da procuradora regional da República, Maria Helena de Paula, então coordenadora criminal, segundo informou ontem o Jornal Nacional. Recaem sobre ele as suspeitas de aumento patrimonial exponencial e de negociações relâmpago e extremamente lucrativas.

Junte-se a isso a outra investigação, essa no âmbito eleitoral, que apura falsificação de documento público para fins eleitorais e de lavagem de dinheiro.

O senador eleito declara-se um perseguido por ser filho de quem é.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s