Clique e assine a partir de 8,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Saiba quem são os dois brasileiros presos no exterior com a ajuda da PF

Acusados de desvios da Caixa e tráfico internacional de drogas, foragidos das Justiças do Espírito Santo e da Bahia são presos na Itália e na Espanha

Por Matheus Leitão - Atualizado em 27 ago 2020, 12h06 - Publicado em 26 ago 2020, 14h13

Dois brasileiros – foragidos das Justiças dos estados da Bahia e do Espírito Santo há anos – foram localizados nas últimas horas, graças à cooperação internacional da Polícia Federal com órgãos investigadores semelhantes em outros países. 

Um deles foi preso em Milão, na Itália, e chama-se Luiz Cesar Riesen. Procurado pela Justiça Federal do Espírito Santo por desvio de valores da Caixa Econômica Federal, ele teria participado, segundo as investigações, de mais de cinquenta empréstimos fraudulentos da instituição, entre 2006 e 2012. Os valores dos auxílios adulterados chegam a R$ 800 mil.

De acordo com a PF, os montantes eram fornecidos sob a forma de penhor, nos quais algumas joias colocadas como garantia recebiam avaliações significativamente superiores ao seu valor real. Luiz Cesar Riesen, que tinha a ajuda de um comparsa, será submetido agora a um processo de extradição.

ASSINE VEJA

Aborto: por que o Brasil está tão atrasado nesse debate Leia nesta edição: as discussões sobre o aborto no Brasil, os áudios inéditos da mulher de Queiroz e as novas revelações de Cabral
Clique e Assine

O outro brasileiro preso por meio de cooperação internacional chama-se Victor Brito Rodrigues Souza. Procurado pela Justiça Federal da Bahia por tráfico internacional de drogas, ele foi encontrado na Espanha. 

Victor Souza é acusado de recrutar brasileiros como “mulas” para o transporte de drogas à Europa. Segundo as apurações, ele era um dos responsáveis por receber as drogas na Espanha, além de aliciar europeus para transportá-las no continente. Victor Souza aguardará processo de extradição.

Continua após a publicidade
Publicidade