Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Agnelo Queiroz é alvo de busca e apreensão em operação no DF

As investigações apuram desvios na compra de leitos hospitalares feita pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal durante a gestão do petista

Por Matheus Leitão Atualizado em 23 jul 2020, 14h35 - Publicado em 23 jul 2020, 08h18

O ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) é um dos alvos nesta quinta-feira, 23, da Operação Alto Escalão, autorizada pela Justiça após pedidos do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público local. 

As investigações apuram desvios na compra de leitos hospitalares feita pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal durante a gestão do petista, entre 2011 e 2014.

Segundo as apurações do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), a empresa beneficiada no esquema montado na gestão petista foi a Hospimetal, que teria feito pagamentos ilícitos no valor de 10% do contrato. Agora, o dono da empresa fez delação premiada, atingindo mais uma vez um alto quadro do Partido dos Trabalhadores.

A ação de hoje é um desdobramento da Operação Checkout, deflagrada em junho de 2018, também em consequência de  investigação do MPDFT, que já apurava desvios na área de Saúde do governo Agnelo. O ex-governador foi conduzido a delegacia porque, durante a busca na sua casa, foi encontrada uma carabina (armamento) sem registro. Agnelo foi liberado após pagar fiança de R$ 3 mil

O ex-secretário de saúde do DF Rafael Barbosa também foi alvo dos mandados expedidos pela Justiça. Ao todo, foram cumpridos 13 buscas e apreensões autorizados pela 1ª Vara Criminal de Brasília. Uma mala de dinheiro foi encontrada na residência de um dos investigados.

Continua após a publicidade
Publicidade