Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Paraná Pesquisas: candidato de Ciro empata com Capitão Wagner em Fortaleza

José Sarto (PDT) sobe quase nove pontos desde outubro, vai a 26% e tem empate técnico com o PM, que tem 30,1%; Luizianne Lins (PT) fica estagnada com 16,5%

Por Da Redação Atualizado em 12 nov 2020, 12h02 - Publicado em 12 nov 2020, 10h15

O policial militar da reserva Wagner de Sousa Gomes, conhecido como Capitão Wagner (Pros), e o deputado estadual José Sarto (PDT) estão empatados tecnicamente na disputa pela prefeitura de Fortaleza, segundo levantamento divulgado nesta quinta-feira, 12, pelo instituto Paraná Pesquisas.

Capitão Wagner tem 30,1% das intenções de voto, seguido numericamente por Sarto, que tem 26% — como a margem de erro é de 3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos, eles estão tecnicamente empatados.

Wagner, que foi o vereador, o deputado estadual e o deputado federal mais votado do estado nos últimos anos, é identificado com o bolsonarismo, apesar de não ter tido apoio fomal do presidente Jair Bolsonaro. Já Sarto é o candidato dos irmãos Cid e Ciro Gomes, cujo grupo comanda atualmente a prefeitura, com Roberto Cláudio (PDT).

Em terceiro lugar, aparece a deputada federal Luizianne Lins (PT), com 16,5%. Ex-prefeita de Fortaleza por dois mandatos, ela tem o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas não do governdor Camilo Santana (PT), que, apesar de ser do seu partido, preferiu ficar neutro no primero turno da disputa em razão da boa relação e da aliança política que tem com os irmãos Gomes.

Luizianne Lins (PT), candidata à prefeitura de Fortaleza, que tem o apoio de Lula, mas não do governador Camilo Santana (PT) Reprodução/Facebook

Em relação ao levantamento anterior do mesmo instituto, de outubro, Capitão Wagner oscilou negativamente (de 31,5% para 30,1%), Sarto subiu quase nove pontos (de 17,3% para 26%) e Luizianne ficou estável (tinha 16,9%, agora tem 16,5%).

Distantes do bloco principal aparecem na pesquisa divulgada hoje Heitor Ferrer, do Solidariedade (4,6%), Célio Studart, do PV (3,5%), Renato Roseno, do PSOl (2,8%), e Heitor Freire, do PSL (1,9%). Outros candidatos não atingiram um ponto percentual.

Entre os entrevistados, 6,4% não souberam responder e 7,1% afirmaram que irão votar em branco, em nenhum ou anular o voto. A pesquisa foi feita entre os dias 8 e 11 de novembro, por telefone, com 800 eleitores, e foi registrada na Justiça Eleitoral sob o nº CE-01587/2020.

Continua após a publicidade
Publicidade