Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Fábio Medina Osório de quarentena

Demitido por telefone, o ex-AGU Fábio Medina Osório foi o primeiro integrante do ministério de Michel Temer a entrar em período de quarentena, por decisão da Comissão de Ética Pública da Presidência da República. Ele ficará por seis meses sem trabalhar formalmente para evitar conflito de interesses por causa do acesso a informações privilegiadas de governo. Em contrapartida, […]

Por Felipe Frazão Atualizado em 30 jul 2020, 21h43 - Publicado em 28 set 2016, 19h03
O advogado Fábio Medina Osório, ex-AGU de Temer

O advogado Fábio Medina Osório, ex-AGU de Temer (Cristiano Mariz/VEJA)

Demitido por telefone, o ex-AGU Fábio Medina Osório foi o primeiro integrante do ministério de Michel Temer a entrar em período de quarentena, por decisão da Comissão de Ética Pública da Presidência da República. Ele ficará por seis meses sem trabalhar formalmente para evitar conflito de interesses por causa do acesso a informações privilegiadas de governo. Em contrapartida, continuará a receber, neste período, salário integral: 30.934,70 reais. Em entrevista a VEJA assim que foi demitido, Medina Osório disse que o governo queria abafar a Operação Lava-Jato.

Publicidade