Clique e assine a partir de 9,90/mês
Maquiavel Por Coluna A política e seus bastidores. Informações sobre Planalto, Congresso, Justiça e escândalos de corrupção. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Diretor da EBC pede desculpas a Taís Araújo por compartilhar post

Laerte Rimoli, presidente da empresa que reúne os principais veículos federais de comunicação, publicou uma montagem ironizando fala da atriz sobre racismo

Por Da Redação - Atualizado em 22 nov 2017, 21h11 - Publicado em 22 nov 2017, 21h07

O jornalista Laerte Rimoli, diretor-presidente da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), que administra alguns dos principais órgãos de comunicação do governo federal, como a TV Brasil e a Agência Brasil, e produz programas como A Voz do Brasil, pediu desculpas nesta quarta-feira à atriz Taís Araújo por ter compartilhado um “post inadequado” em seu perfil no Facebook.

https://www.facebook.com/laerte.rimoli/posts/1611697508922081?pnref=story

Na sexta-feira, ele compartilhou o post de outro usuário do Facebook ironizando declaração dada pela atriz sobre o quanto temia pelo futuro do seu filho, já que, segundo ela, “a cor do meu filho faz com que as pessoas mudem de calçada”.  A frase foi dita em agosto por Taís, durante palestra no evento TEDXSão Paulo, mas foi “recuperada” nesta semana em razão da celebração do Dia da Consciência Negra, na segunda-feira.

Além de pedir desculpas, Rimoli apagou o post (veja abaixo).

Continua após a publicidade
Post compartilhado e apagado por Laerte Rimoli Reprodução/Reprodução

 

Rimoli foi nomeado para o cargo em maio de 2016, logo após Michel Temer (PMDB) assumir o cargo. Formado pela Universidade Federal de Goiás, ele foi diretor da TV Globo, no Rio, e chefe da comunicação social do Ministério do Esporte no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Em 2014, coordenou a comunicação da campanha de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República. Também trabalhou na Secretaria de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, durante a gestão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na presidência da Casa.

Outra polêmica

A declaração da atriz já havia causado outra polêmica, com o secretário municipal de Educação do Rio de Janeiro, Cesar Benjamin, que fez duras críticas a ela pela declaração.  “Qualquer idiotice racial prospera. A última delas é uma linda e cheirosa atriz global dizer que as pessoas mudam de calçada quando enxergam o filho dela, que também deve ser lindo e cheiroso”, escreveu. 

Benjamin não apagou o post nem pediu desculpas. Veja abaixo a publicação:

Continua após a publicidade

Pessoal, eu sei que fui derrotado, sei que sou minoria da minoria, sei que vou apanhar de novo. Mas continuo detestando …

Posted by Cesar Benjamin on Monday, November 20, 2017

 

Publicidade