Clique e assine a partir de 8,90/mês
Letra de Médico Por Adriana Dias Lopes Orientações médicas e textos de saúde assinados por profissionais de primeira linha do Brasil

Água termal: por que você deve usá-la

O produto tem função antioxidante e hidratante, além de aliviar o incômodo depois da depilação e peelings

Por Adriana Vilarinho - 26 dez 2016, 12h01

A água termal é um produto que tem caído cada vez mais no gosto dos pacientes e dermatologistas. Ela é originária de fontes termais e possui um pH neutro ou alcalino, ao contrário da água que consumimos, que tem um pH ácido. Por definição ela também possui uma concentração maior de minerais e oligoelementos do que a água de consumo comum, como zinco, manganês, sódio, magnésio e boro, e não é tratada quimicamente.

A água termal pode ser usada em todos os tipos de pele e também nos cabelos. Ela ajuda na reposição dos nutrientes que nossa pele perde no dia a dia e também é uma grande aliada para melhorar os estados inflamatórios da pele, além de auxiliar na hidratação capilar.

Entre os principais benefícios do seu uso podemos citar:
1) função antioxidante — combate radicais livres;
2) limpa e acalma a pele, aliviando irritações em pessoas com pele muito sensível/avermelhada e em casos de coceira ou outras irritações;
3) alivia o incômodo pós-barba, pós-depilação e pós-procedimentos dermatológicos (lasers e peelings);
4) alivia ardor em queimaduras solares e pode ser usada durante exercícios físicos para amenizar o calor e manter a pele fresca;
5) possui ação hidratante para pele e pode ser até utilizada em voos longos e viagens ou para promover um frescor no dia a dia em pessoas que ficam em ambientes fechados com ar- condicionado.

É muito simples encaixar a água termal na rotina de cuidados com a pele. Ela pode ser usada como tônico, antes da maquiagem para melhorar a fixação dos produtos ou antes da aplicação do filtro solar na praia, pois não interfere no fator de proteção. Também pode ser utilizada na praia ou piscina para reduzir os efeitos do sal e cloro nos fios.
Portanto, não faltam motivos para abusar do seu uso, principalmente no verão!

adriana-vilarinho1
Ricardo Matsukawa/VEJA.com

 

 

Quem faz Letra de Médico

Adilson Costa, dermatologista
Adriana Vilarinho, dermatologista
Ana Claudia Arantes, geriatra
Antônio Frasson, mastologista
Artur Timerman, infectologista
Arthur Cukiert, neurologista
Ben-Hur Ferraz Neto, cirurgião
Bernardo Garicochea, oncologista
Claudia Cozer Kalil, endocrinologista
Claudio Lottenberg, oftalmologista
Daniel Magnoni, nutrólogo
David Uip, infectologista
Edson Borges, especialista em reprodução assistida
Fernando Maluf, oncologista
Freddy Eliaschewitz, endocrinologista
Jardis Volpi, dermatologista
José Alexandre Crippa, psiquiatra
Luiz Rohde, psiquiatra
Luiz Kowalski, oncologista
Marcus Vinicius Bolivar Malachias, cardiologista
Marianne Pinotti, ginecologista
Mauro Fisberg, pediatra
Miguel Srougi, urologista
Paulo Hoff, oncologista
Paulo Zogaib, medico do esporte
Raul Cutait, cirurgião
Roberto Kalil – cardiologista
Ronaldo Laranjeira, psiquiatra
Salmo Raskin, geneticista
Sergio Podgaec, ginecologista
Sergio Simon, oncologista

Continua após a publicidade
Publicidade