Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
José Casado Por José Casado Informação e análise

Aumentam as dificuldades do governo no Senado

Há pouca disposição no Senado para aprovar projetos, como o do Imposto de Renda, considerados relevantes à campanha de reeleição de Bolsonaro

Por José Casado Atualizado em 6 set 2021, 03h19 - Publicado em 6 set 2021, 09h00

Arthur Lira, presidente da Câmara, e Ciro Nogueira, chefe da Casa Civil, informaram a Jair Bolsonaro e a Paulo Guedes (Economia) que há “espaço” no Senado para aprovar o projeto de mudanças no Imposto de Renda.

Ciro Nogueira se mostra decidido transformar as dificuldades em facilidades, com um novo e bilionário conjunto de emendas parlamentares para liberar.

Será um desafio, depois da rebelião no plenário Senado contra manobras legislativas de Lira e Bolsonaro — a minirreforma trabalhista, aprovada na Câmara, acabou enterrada pelo voto de 63% dos senadores.

Durante a votação da semana passada ficou claro que o aumento das dificuldades do governo no Senado para aprovar projetos, como o do Imposto de Renda, considerados relevantes à campanha de reeleição de Bolsonaro. Os comícios e as manifestações de amanhã são percebidos como complicadores adicionais.

Continua após a publicidade
Publicidade