Clique e assine a partir de 9,90/mês
O jardineiro casual Por Marcelo Marthe Ideias práticas e reflexões culturais sobre jardinagem, paisagismo e botânica

Aprenda como ter flores no jardim o ano todo

Conheça o ranking de cinco plantas capazes de proporcionar colorido constante ao paisagismo

Por Redação - Atualizado em 14 dez 2018, 14h48 - Publicado em 2 out 2018, 17h41

Nesse programa, Marcelo Marthe apresenta o ranking de cinco espécies fáceis de cultivar que são coringas na hora de colorir o jardim. Maria-se-vergonha (Impatiens walleriana), estrela do Egito (Pentas lanceolata), lantana (Lantana camara), gerânio (Pelargonium peltatum) e vinca (Catharanthus roseus) são coringas rústicos e disponíveis na maioria das floras. Conheça suas origens, curiosidades e modos de cultivo. Se há uma utopia que faz a cabeça dos apreciadores de plantas, é a busca de um jardim florido o ano inteiro. Missão impossível? Não é, não. A maior parte das plantas dá flores uma ou duas vezes por ano. Mas olha o segredo: algumas delas conseguem a proeza de dar flores de forma ininterrupta. Não tem inverno, seca ou tempo.

Entre elas está a vinca, que é uma plantinha comum, daqueles jardins antigos dos tempos da vovó. E a sabedoria das senhoras não falhava: além de sem-vergonha e pau para toda obra, a vinca é uma fantástica fábrica de flores que não para nunca. Vai bem em vaso, jardineira ou em canteiros direto no solo — sempre embalada por um solzinho amigo. A boa notícia é que se antigamente havia poucas opções de cores, hoje existem no mercado vincas mescladas e dobradas. O gerânio é incansável — e, assim como a vinca, hoje está disponível numa variedade estonteante de cores e formas. Mas atenção: a belíssima espécie conhecida como gerânio argentino deve ser mantida só à meia-sombra, pois não suporta nossos verões.

Publicidade