Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Vão entender agora? Morteiro do Hamas mata criança israelense! Disparo saiu de abrigo mantido pelo grupo

Por Felipe Moura Brasil Atualizado em 31 jul 2020, 03h13 - Publicado em 22 ago 2014, 20h06

Daniel Tregerman

Um ataque de morteiro lançado a partir da Faixa de Gaza matou nesta sexta-feira Daniel Tregerman, de 4 anos, o quarto civil e a primeira criança israelense vítima do Hamas desde o começo da operação Limite Protetor, que, ao contrário do que prega a esquerda antissemita, existe justamente para evitar a morte de israelenses como Daniel.

[Atualização: eu havia escrito que, segundo as Forças de Defesa de Israel, o foguete tinha sido disparado de perto de uma escola da ONU, porque era justamente o informe inicial do IDF. Após investigações, o IDF reconheceu que não foi de uma escola da ONU DESTA VEZ, mas sim de um abrigo mantido pelas autoridades do Hamas, o que não muda em praticamente nada a cumplicidade da agência da ONU com o terror, nem o restante deste post.]

Seus pais, Gila e Doron, haviam deixado sua casa no sul do Estado devido aos foguetes constantes, mas decidiram voltar dias atrás, em parte, por conta da promessa de funcionários de segurança, incluindo o Chefe de Gabinete Benny Gantz, que teria dito que os moradores do sul estariam seguros. Mas com a violência resultante da violação de mais um cessar-fogo pelos terroristas de Gaza, a família Tregerman acabou se vendo no lugar errado na hora errada.

Morteiro palestino carroEles estavam em casa quando o morteiro foi disparado, segundo o YNetNews: as crianças brincavam e os pais faziam planos para deixar o kibbutz do Conselho Regional HaNegev Sha’ar no fim do dia. Quando as sirenes vermelhas soaram, eles conseguiram levar seus dois filhos mais novos para o abrigo, mas Daniel ainda estava do lado de fora quando o tempo se esgotou. O menino sofreu ferimentos graves causados por estilhaços após o projétil atingir um carro e foi levado ainda vivo ao hospital pelos serviços de resgate, mas, pouco tempo depois, foi declarado morto.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse que o Hamas pagará um preço alto pela morte. O grupo terrorista ainda matou 18 colaboradores de Israel em Gaza nesta sexta.

Continua após a publicidade

Será que o porta-voz da agência da ONU, Chris Gunnes, vai chorar dessa vez? A CNN vai explicar ao mundo que é isto que aconteceria em escala muito maior se Israel não reagisse aos ataques do Hamas? Vai condenar o uso de escudos humanos e instalações da ONU pelos terroristas? O palanque anti-Israel do colunismo brasileiro vai inverter a ordem das coisas, dizer que os judeus mereceram e que agora o conflito está um pouco mais proporcional? Onde estão Mario Sergio Conti, Helena Celestino e Janio de Freitas numa hora dessas?

Cambada de cínicos!

Daniel Israel

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Facebook e no Twitter. Curta e acompanhe também a nova Fan Page.

* VEJA A COBERTURA COMPLETA DO MEU BLOG – AQUI ou AQUI.

Continua após a publicidade
Publicidade