Clique e assine a partir de 8,90/mês
Felipe Moura Brasil Por Blog Análises irreverentes dos fatos essenciais de política e cultura no Brasil e no resto do mundo, com base na regra de Lima Barreto: "Troça e simplesmente troça, para que tudo caia pelo ridículo".

Manifestar-se a favor de Dilma: 35 reais. Contra: não tem preço

Repito: quem não tem fã contrata. O jornal Valor Econômico descobriu qual é o valor pago a manifestantes a favor de Dilma e dos saqueadores da Petrobras nesta sexta-feira 13 em que CUT, MST e demais pelegos petistas assombram o Brasil: 35 reais. “É o caso de Edmilson Barbosa, desempregado, que viu na participação do ato desta […]

Por Felipe Moura Brasil - Atualizado em 31 jul 2020, 01h53 - Publicado em 13 mar 2015, 15h49

burro_e_a_cenouraRepito: quem não tem fã contrata.

O jornal Valor Econômico descobriu qual é o valor pago a manifestantes a favor de Dilma e dos saqueadores da Petrobras nesta sexta-feira 13 em que CUT, MST e demais pelegos petistas assombram o Brasil: 35 reais.

“É o caso de Edmilson Barbosa, desempregado, que viu na participação do ato desta sexta um ‘bico’ para ajudar em sua renda. Barbosa disse que um ônibus pegou os trabalhadores no bairro do Brás e os levou até a Paulista. Entre as pessoas contratadas para segurar balões estão imigrantes que não falam português.”

O ‘Ministério da Saúde Petista’ adverte: pessoas que não falam português e estão desempregadas correm mais risco de apoiar Dilma. Não é por outro motivo que o MEC mantém analfabetos nossos estudantes – e o governo do PT gera desemprego por todo o país.

Felizmente, 93% dos brasileiros já sabem que protestar contra Dilma… não tem preço.

E não há dinheiro que compre o nosso grito.

baloes

24 balões x 35 reais por militante para segurar = 840 reais. Já adivinhou quem paga a conta?

Felipe Moura Brasil ⎯ http://www.veja.com/felipemourabrasil

Siga no Twitterno Facebook e na Fan Page.

Continua após a publicidade
Publicidade