Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Vada a bordo!

“No momento no qual pedi ao timoneiro que virasse, seu erro foi o de não fazê-lo em seguida, já que o navio tinha uma aceleração para a direita”. Francesco Schettino, capitão do navio Costa Concordia, ao acusar o timoneiro indonésio Jacob Rusli pelo naufrágio que matou 32 pessoas em 2012, sem explicar se também foi Rusli que […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 05h20 - Publicado em 23 set 2013, 16h33

“No momento no qual pedi ao timoneiro que virasse, seu erro foi o de não fazê-lo em seguida, já que o navio tinha uma aceleração para a direita”.

Francesco Schettino, capitão do navio Costa Concordia, ao acusar o timoneiro indonésio Jacob Rusli pelo naufrágio que matou 32 pessoas em 2012, sem explicar se também foi Rusli que o obrigou a abandonar o barco junto com a primeira leva de  passageiros.

Publicidade