Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Um brinde ao grande Eder Jofre

Hoje faz 50 anos que milhões de apreciadores do boxe aplaudiram o triunfo de um genuíno herói brasileiro: na noite de 18 de novembro de 1960, em Los Angeles, Eder Jofre nocauteou o mexicano Eloy Sanchez no 6° assalto e conquistou o título mundial da categoria peso-galo. O cinturão de ouro ficara ao alcance da […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 13h35 - Publicado em 18 nov 2010, 17h05

Hoje faz 50 anos que milhões de apreciadores do boxe aplaudiram o triunfo de um genuíno herói brasileiro: na noite de 18 de novembro de 1960, em Los Angeles, Eder Jofre nocauteou o mexicano Eloy Sanchez no 6° assalto e conquistou o título mundial da categoria peso-galo. O cinturão de ouro ficara ao alcance da poderosa mão direita meses antes, quando Eder venceu Joe Medel numa luta incluída em todas as listas das 10 mais espetaculares de todos os tempos. O duelo com Sanchez só confirmou que nascera no Brasil o maior peso-galo da história.

Em homenagem ao eterno campeão, a seção Feira Livre publica um texto do excelente Fábio Altman, editor-executivo de VEJA e sobrinho de Eder, ilustrado pela entrevista com o Galinho de Ouro e pelo vídeo da luta com Joe Medel. Leiam o perfil de Eder Jofre, vejam Eder Jofre em ação e brindem a um homem que honra o Brasil.

Publicidade