Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

#SanatórioGeral: Discípulo de Dilma

Ao tentar explicar o inexplicável, Rodrigo Maia ganha uma bolsa do Curso de Frases sem Pé nem Cabeça da Professora Dilma

Por Augusto Nunes - 20 set 2019, 07h07

“Ou a gente fala a verdade ou quer se enganar? Quer o financiamento da pessoa física às eleições, não tem problema: a classe média não tem recurso pra financiar, não tem cultura pra financiar; o mais pobre nem se fala. Vão financiar pessoas físicas ricas e vão escolher quem vai ser eleito e quem não vai ser eleito. O fundo eleitoral dos partidos, já que não há financiamento de pessoa jurídica, é um encaminhamento que gera a democratização do processo eleitoral. Gera polêmica? Gera. Mas a maior polêmica seria se não tivesse eleição”. (Rodrigo Maia, presidente da Câmara, conhecido pelo codinome Botafogo no Departamento de Propinas da Odebrecht, ao tentar justificar mais um tapa na cara do Brasil que presta, desandando num palavrório que merece garantir-lhe uma bolsa de estudos no Curso de Frases sem Pé nem Cabeça da Professora Dilma Rousseff)

Publicidade