Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Reynaldo Rocha: 16 de agosto vem aí. Quem pariu o monstro que o embale

REYNALDO ROCHA O número de baixas nas tropas americanas durante a guerra do Vietnã aumentava quando se difundia a informação de que outro contingente de soldados voltaria para casa. O fenômeno era tão  constante que os chefes militares passaram a expedir comunicados do gênero horas antes do embarque. Neste momento, estamos próximos do fim da […]

REYNALDO ROCHA

O número de baixas nas tropas americanas durante a guerra do Vietnã aumentava quando se difundia a informação de que outro contingente de soldados voltaria para casa. O fenômeno era tão  constante que os chefes militares passaram a expedir comunicados do gênero horas antes do embarque.

Neste momento, estamos próximos do fim da nossa guerra. Não podemos permitir que essa síndrome se manifeste entre nós. Vejo uma preocupação com uma possível crise institucional. Pergunto-me: qual? As instituições funcionam e a normalidade democrática é plena. Esse discurso é absurdo.

Não se trata de jogar com o “quanto pior, melhor”. É somente a justa retribuição ao que fizeram. A colheita. Nada além disso. Nada fora das normas legais e constitucionais.

A crise alegada é deles. Usam essa ameaça banal em busca da sobrevida. O truque não funcionará. Pode-se aprender uma lição por ouvir, ler e tentar entender o mundo. Ou pela dor. Estamos aprendendo pela dor.

A farsa da crise inexistente é mais um ensinamento que somente intensifica nossa determinação. Ninguém a quer. Mas sabemos que ela não existe. Saibamos evitar receios desnecessários. É o desespero de ladrões que enxergam o camburão dobrando a esquina. É a volta do cipó da aroeira.

Eles apodreceram. Estão caindo como frutas que passaram do ponto. E ameaçam invocando argumentos que nós valorizamos e eles menosprezam. Não nos deixemos enganar. Que essas falsidades estimulem ainda mais a viragem marcada para 16 de Agosto: quem pariu o monstro que o embale.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    JSan

    Em 16 de agosto vá pra rua e arraste seus amigos. Ou, então, cale-se e não encha o saco.

    Curtir

  2. Comentado por:

    lucy almeida

    o povo estara todo na ruamais de 1 milhao de pessoas parapor abaixo essa gentinha que esta no poder. ou aguente mais 3 anos e tralala de vida dificil e roubalheira e pedaladas

    Curtir

  3. Comentado por:

    André

    Estou precisando de um megafone, alguém pode me emprestar ou doar um?

    Curtir

  4. Comentado por:

    Saulo

    Faixa para os protestos do dia 16 de agosto: TCU, pelo amor de Deus, chega de impunidade! Condenação já para Dilma pelos desvios fiscais.

    Curtir