Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Neurônio doidão

“Eles fizeram as mesmas coisas com a África do Sul, o mesmo discurso. O que prometemos que não entregamos?” Dilma Rousseff, ao responder a críticas da Fifa, informando que o neurônio solitário anda vendo os portos, os aeroportos e as obras de mobilidade urbana que ninguém mais consegue enxergar.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 03h43 - Publicado em 5 jun 2014, 15h06

“Eles fizeram as mesmas coisas com a África do Sul, o mesmo discurso. O que prometemos que não entregamos?”

Dilma Rousseff, ao responder a críticas da Fifa, informando que o neurônio solitário anda vendo os portos, os aeroportos e as obras de mobilidade urbana que ninguém mais consegue enxergar.

Publicidade