Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Neurônio delirante

Dilma agora acha que foi demitida pelos acertos que ninguém viu

Por Branca Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 22h20 - Publicado em 6 jul 2016, 23h40

“Não nego que tenha cometido erros, e por eles certamente sou e serei cobrada, mas estou sendo perseguida pelos meus acertos”. (Dilma Rousseff, a Assombração do Alvorada, na carta que alguém escreveu e José Eduardo Cardozo leu na comissão de impeachment do Senado, sem esclarecer se o seu maior acerto foi a política econômica que quebrou o país ou o programa de incentivo à corrupção que destruiu a Petrobras)

Publicidade