Clique e assine com 88% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Nada a acrescentar

NOVEMBRO “Meu ídolo é o Lula. Adoro o Lula.” Nem, chefão do tráfico na Rocinha desde 2006, em entrevista concedida a Ruth de Aquino, da revista Época, pouco antes de ser preso no Rio.

Por Augusto Nunes - Atualizado em 18 fev 2017, 18h59 - Publicado em 2 jan 2012, 16h00

NOVEMBRO

“Meu ídolo é o Lula. Adoro o Lula.”

Nem, chefão do tráfico na Rocinha desde 2006, em entrevista concedida a Ruth de Aquino, da revista Época, pouco antes de ser preso no Rio.

Publicidade