Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro da Pilantragem

“O que eu lamento é que algumas pessoas que ajudaram a construir a democracia no Brasil, e que têm uma biografia nessa luta, parece que esqueceram do que defenderam no passado e, por questões momentâneas, abrem mão de princípios para se somar a uma situação de busca de um impeachment que não tem a menor […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 30 jul 2020, 23h52 - Publicado em 12 dez 2015, 23h33

“O que eu lamento é que algumas pessoas que ajudaram a construir a democracia no Brasil, e que têm uma biografia nessa luta, parece que esqueceram do que defenderam no passado e, por questões momentâneas, abrem mão de princípios para se somar a uma situação de busca de um impeachment que não tem a menor base constitucional”.

José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, nesta sexta-feira, sobre o apoio do PSDB ao processo de impeachment, ensinando que o uso desse instrumento constitucional deve ser qualificado de “golpe”sempre que o autor de crimes de responsabilidade como os praticados por Dilma for filiado ao PT.

Publicidade