Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Madre caduca

“Eu não conheço esse fato. O senador Requião é um cavalheiro, deve ter havido um mal entendido. Ele não deve ter feito isso”. José Sarney, vulgo Madre Superiora, capturado ontem por Celso Arnaldo ao ser questionado sobre a truculência de seu colega Roberto Requião, a.k.a. Maria Louca – no qual consegue enxergar um gentleman do […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 12h11 - Publicado em 26 abr 2011, 13h33

“Eu não conheço esse fato. O senador Requião é um cavalheiro, deve ter havido um mal entendido. Ele não deve ter feito isso”.

José Sarney, vulgo Madre Superiora, capturado ontem por Celso Arnaldo ao ser questionado sobre a truculência de seu colega Roberto Requião, a.k.a. Maria Louca – no qual consegue enxergar um gentleman do Palácio de Buckingham.

“Acho que é um episódio que poderia não ter acontecido. É uma questão de temperamento, cada um tem o seu, e evidentemente essas coisas às vezes acontecem. O problema de temperamento acho que foi um atrito, mas não tem essa conotação de agressão a liberdade de trabalho e de imprensa, uma vez que é um episódio passageiro”.

José Sarney, capturado hoje por Celso Arnaldo depois de saber que o mal entendido do gravador confiscado foi muito bem entendido por todos, comprovando que tudo na vida é passageiro — menos o motorista, o cobrador e José Sarney.

Publicidade