Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Homem de fé

“Enquanto o acórdão não for publicado, qualquer previsão não tem sustentação. Se não se souber quais os recursos interpostos e sua fundamentação,  não se deve fazer futurologia na justiça”. Marcelo Leonardo, advogado de Marcos Valério, garantindo que continua acreditando em Papai Noel, duendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli.

Por Branca Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 06h45 - Publicado em 3 mar 2013, 20h42

“Enquanto o acórdão não for publicado, qualquer previsão não tem sustentação. Se não se souber quais os recursos interpostos e sua fundamentação,  não se deve fazer futurologia na justiça”.

Marcelo Leonardo, advogado de Marcos Valério, garantindo que continua acreditando em Papai Noel, duendes, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli.

Publicidade