Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Dirceu: um pecador sem remédio

O guerrilheiro de araque louva a Constituição que o PT tentou abortar

Por Augusto Nunes - Atualizado em 7 Dec 2019, 08h21 - Publicado em 7 Dec 2019, 07h21

José Dirceu foi campeão brasileiro de corrupção com o time do Mensalão e campeão mundial com a seleção do Mensalão. Condenado a mais de 30 anos de prisão, mas posto em liberdade pelo Supremo, acaba de dizer que a elite quer acabar com “as conquistas sociais e políticas da Constituição de 1988″.

Naquele ano, a bancada do PT liderada por Lula votou contra a promulgação do novo texto constitucional. Ao assumir a paternidade da Constituição que renegou, Dirceu só confirma que cadeia não recupera bandidos sem cura.

Publicidade