Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Dilma jura três vezes que não fará o que fez

“Então, pode ter uma outra CPMF?”, perguntou o entrevistador Carlos Nascimento, do SBT, em 1° de setembro de 2010. “Não… Não. Eu não penso em recriar a CPMF”, negou três vezes a candidata Dilma Rousseff. O vídeo do Implicante, um dos sucessos da série “Mentira Premiada”, inclui a justificativa tão sincera quanto uma discurseira de […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 10h39 - Publicado em 26 set 2011, 21h37

“Então, pode ter uma outra CPMF?”, perguntou o entrevistador Carlos Nascimento, do SBT, em 1° de setembro de 2010. “Não… Não. Eu não penso em recriar a CPMF”, negou três vezes a candidata Dilma Rousseff. O vídeo do Implicante, um dos sucessos da série “Mentira Premiada”, inclui a justificativa tão sincera quanto uma discurseira de Lula: “Porque acredito que não seria correto”.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=IF0KrLfi7E8?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

No segundo vídeo, também divulgado pelo Implicante na série “Mentira Premiada”, Dilma volta ao tema dos impostos durante o debate com José Serra ocorrido em 29 de outububro de 2010. De novo, promete que não aumentará a carga tributária. Aproveita o tempo de sobra para jurar que fará o contrário do que anda fazendo com salários e juros.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=viVtiWUVpNg?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

No mesmo debate, um eleitor insistiu em saber se teria de bancar a gastança federal com mais tributos. Confira o falatório iniciado aos 5min31: “Agora, eu acredito que o Brasil tem de reduzir imposto”.

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=pc_TGC84B_Q?wmode=transparent&fs=1&hl=en&modestbranding=1&iv_load_policy=3&showsearch=0&rel=1&theme=dark&w=425&h=344%5D

Nesta segunda-feira, a ministra Ideli Salvatti diz que vem aí a CPMF com outro codinome. Haja cinismo.

Continua após a publicidade
Publicidade