Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dilma jura três vezes que não fará o que fez

“Então, pode ter uma outra CPMF?”, perguntou o entrevistador Carlos Nascimento, do SBT, em 1° de setembro de 2010. “Não… Não. Eu não penso em recriar a CPMF”, negou três vezes a candidata Dilma Rousseff. O vídeo do Implicante, um dos sucessos da série “Mentira Premiada”, inclui a justificativa tão sincera quanto uma discurseira de […]

“Então, pode ter uma outra CPMF?”, perguntou o entrevistador Carlos Nascimento, do SBT, em 1° de setembro de 2010. “Não… Não. Eu não penso em recriar a CPMF”, negou três vezes a candidata Dilma Rousseff. O vídeo do Implicante, um dos sucessos da série “Mentira Premiada”, inclui a justificativa tão sincera quanto uma discurseira de Lula: “Porque acredito que não seria correto”.

No segundo vídeo, também divulgado pelo Implicante na série “Mentira Premiada”, Dilma volta ao tema dos impostos durante o debate com José Serra ocorrido em 29 de outububro de 2010. De novo, promete que não aumentará a carga tributária. Aproveita o tempo de sobra para jurar que fará o contrário do que anda fazendo com salários e juros.

No mesmo debate, um eleitor insistiu em saber se teria de bancar a gastança federal com mais tributos. Confira o falatório iniciado aos 5min31: “Agora, eu acredito que o Brasil tem de reduzir imposto”.

Nesta segunda-feira, a ministra Ideli Salvatti diz que vem aí a CPMF com outro codinome. Haja cinismo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    francisco

    Augusto,
    Mais do que um comentário,isto é um pedido ao amigo.Pelo amor de Deus, alguem da tua estatura ética e com tua respeitabilidade tem que comunicar aos brasileiros,diariamente,muitas vezes, em várias mídias, que a CPMF foi substituida com MUITA VANTAGEM para o governo pelo aumento do IOF e a criação da aplicação deste imposto nas mais variadas formas. Quem viaja e compra no exterior sabe disso.Quem toma emprestimos pessoais,imobiliários e de qualquer tipo,sabe disso.Parece que só a midia não sabe e fica dando espaço para estes pedidos de “reposição da CPMF”. Os caras já fizeram a reposição com muita vantagem e só estão querendo mais uma verbinha para custear a corrupção endemica. E não preciso dizer, que esta substituição com vantagem tambem não levou nenhum centavo para a saúde, assim como qualquer outra taxa que venha a ser criada.
    Dá uma força, cria uma coluna falando a respeito,por favor.
    Abração
    francisco
    Perfeito, amigo Francisco. Vou fazer isso. abração

    Curtir

  2. Comentado por:

    Israel Miranda

    Augusto, muito bem lembrado. Apesar de não ser exatamente a CPMF que ela está recriando, o imposto do cheque, o IOF tem grande abrangência, muito parecido.
    Porém acredito que eles poderiam aumentar os impostos para os ricos, ou para transações financeiras digamos, acima de 500 mil reais ?
    Sobre o imposto sobre bebidas, eu sou a favor, e outras drogas legalizadas, afim de custear o tratamento das doenças que essas substâncias provocam.
    Agora, lhe farei uma crítica construtiva. Apesar de toda a veracidade dos fatos aqui apresentados por você, porque tanto deboche desse governo ?
    Porque tanta “agressividade” ?
    Sinceramente, ao criticar alguém assim, você perde parte da credibilidade, parte da imparcialidade. Gostaria muito que as reportagens da VEJA fossem menos passionais, mais imparciais e mais madura politicamente.
    Sim, maturidade. A impressão que dá é que a VEJA critica excessivamente o governo, só por ser de esquerda, ou só por ter sido de oposição no passado. Isso mancha a imparcialidade da revista e de seus editores, jornalistas, etc
    Só pra esclarecer, eu tenho tendências “esquerdistas” mas estou profundamente envergonhado e insatisfeito com o jeito de governar do PT, e principalmente, pelo fato do PT estar “manchando” a imagem da esquerda, se assemelhando mais a uma máfia do que a um partido…
    Gostaria de ver reportagens críticas do governo com um tom mais profissional, menos passional e com mais classe!!
    Sem palavrões ou brincadeiras de deboche para ridicularizar o governo, porque dessa forma, a VEJA se rebaixa ao nível dele.
    Obrigado pelo espaço.
    Não se dança um minueto com quem está dançando funk, Israel. Agressiva, passional, parcial e imatura é a turma dos blogs estatizados, das milícias. O que você chama de “esquerda” é um ajuntamento que só tem um projeto comum: ganhar dinheiro. Esta coluna vê as coisas como as coisas são. Ladrões são chamados de ladrões. Incompetentes são chamados de incompetentes. Quem debocha do país é o clube dos cafajestes que não para de assaltar o dinheiro dos pagadores de impostos. A oposição oficial trata o governo com a gentileza de um aliado. Aqui é retratado o sentimento de quem não se conforma com a Era da Mediocridade.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Airton

    Já que não existe oposição neste país , as redes sociais é que devem divulgar esses vídeos e mostrar a verdadeira face do PT e da Dilma.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Israel Miranda

    Augusto, concordo.
    Esse grupo que está no poder não é esquerda, é uma “máfia” que só quer ganhar dinheiro e se perpetuar no poder.
    Mas “esquerda” ideologicamente falando, ainda existe!!
    Eu disse que esse grupo que está no poder, envergonha o verdadeiro sentimento esquerdista, socialista/comunista, pois o que eles fazem é muito nojento.
    Esses blogs “estatizados” são esquisitos mesmo…
    tem até algumas reportagens que prestam, mas tem muita reportagem com uma parcialidade inaceitável também.
    Pior é ver que vários ex-mensaleiros escrevem nesses “blogs estatizados”!!
    Afffee
    Entendo sua revolta…
    Me sinto revoltado com esse governo também.
    Abraço

    Curtir

  5. Comentado por:

    Heitor

    Pena que não tenha uma Nossa Senhora de Forma Geral para cobrar a promessa.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Sidney

    Pensa que é fácil dirigir um pais como o Brasil, o Governo tem sim a nescessidade de aumentar e criar novos impostos, como irá tratar de tantos vagabundos juntos. haja dinheior.

    Curtir

  7. Comentado por:

    JULIANO

    PELO amor de DEUS a MEJERA da IDELI SALVATTI não é catarinense veio para SC matar a fome e envergonhar os catarinenses

    Curtir