Clique e assine com 88% de desconto
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Conversa de 171

“Temos de reconhecer que a Petrobras é a empresa mais estratégica para o Brasil e a que mais contrata e investe no país. Temos que saber apurar, temos que saber punir. Isso tudo sem enfraquecer a Petrobras, nem diminuir sua importância para o presente e para o futuro do país”. Dilma Rousseff, na primeira reunião […]

Por Branca Nunes - Atualizado em 11 fev 2017, 15h34 - Publicado em 28 jan 2015, 22h32

“Temos de reconhecer que a Petrobras é a empresa mais estratégica para o Brasil e a que mais contrata e investe no país. Temos que saber apurar, temos que saber punir. Isso tudo sem enfraquecer a Petrobras, nem diminuir sua importância para o presente e para o futuro do país”.

Dilma Rousseff, na primeira reunião ministerial do segundo mandato, enxergando em 2015 a Petrobras que acabou depois de passar ao controle de ineptos e corruptos nomeados pelos governos do padrinho e da afilhada.

Publicidade