Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Bem lembrado

“O que o presidente fez foi registrar que, no resultado de um trabalho de seu governo, a ministra teve participação. Ele, inclusive, não citou apenas ela, mas outras pessoas que também participaram”. Luís Inácio Adams, advogado-geral da União, sobre o elogio de Lula a Dilma Rousseff no lançamento do edital do trem-fantasma, revelando que a […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 14h47 - Publicado em 16 jul 2010, 14h28

“O que o presidente fez foi registrar que, no resultado de um trabalho de seu governo, a ministra teve participação. Ele, inclusive, não citou apenas ela, mas outras pessoas que também participaram”.

Luís Inácio Adams, advogado-geral da União, sobre o elogio de Lula a Dilma Rousseff no lançamento do edital do trem-fantasma, revelando que a intenção do presidente não era pedir votos só para a candidata que inventou, mas para todos os companheiros.

Publicidade