Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Amnésia conveniente

“O avião King Air, prefixo PR-PEG, em que o declarante estava é propriedade da empresa Bridge Participações, cujo diretor Ricardo Santos é seu amigo pessoal. (…); em algumas ocasiões, Ricardo Santos empresta o referido avião ao declarante e este apenas paga o combustível nas viagens”. Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, empresário ligado ao […]

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 01h15 - Publicado em 1 jun 2015, 21h04

“O avião King Air, prefixo PR-PEG, em que o declarante estava é propriedade da empresa Bridge Participações, cujo diretor Ricardo Santos é seu amigo pessoal. (…); em algumas ocasiões, Ricardo Santos empresta o referido avião ao declarante e este apenas paga o combustível nas viagens”.

Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené, empresário ligado ao governador mineiro Fernando Pimentel, num trecho do depoimento que prestou à Polícia Federal em outubro de 2014, quando foi detido com R$ 113 mil em dinheiro vivo a bordo de um avião que jurou não lhe pertencer.

“Ele não falou por causa do constrangimento daquela prisão e Benedito estava desassistido de advogado. As pessoas esquecem até detalhes como o signo”.

Celso Lemos, advogado de Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, ao explicar que seu cliente, ao ser capturado pela Polícia Federal, esqueceu até o dia do nascimento.

Publicidade