Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Amante ardilosa

Gleisi acusa o governo Bolsonaro de plagiar as bandalheiras do PT

Durante a sessão da Câmara que começou a discutir a reforma da Previdência, Gleisi Hoffmann, rebatizada com o codinome Amante pelo Departamento de Propinas da Odebrecht, berrou — sem ficar ruborizada — o parecer tremebundo: “Trocar emenda por voto é um tapa na cara do povo!”. A oradora se referia à liberação pelo governo Bolsonaro de verbas que o próprio Congresso tornou obrigatórias, com o entusiasmado apoio do PT, ao inventar o chamado “orçamento impositivo”.

Tapa na cara do povo é uma especialidade do partido que Gleisi preside. Vários deles foram desferidos em 2005, por exemplo, quando explodiu o escândalo do Mensalão. Os tapas se transformaram em socos e pontapés nos brasileiros decentes em 2015, quando a Lava Jato começou a devassar o escândalo do Petrolão.

Gleisi certamente acredita que, como dizia Ivan Lessa, o Brasil esquece a cada 15 anos o que aconteceu nos 15 anos anteriores. Deve ser por isso que trata o povo brasileiro como um bando de idiotas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Geraldo Pereira

    Essa amante, calada, ainda perturba muito.

    Curtir

  2. Pedro Maciel

    Traste inútil, esta coisa que os tolos insitem em votar…

    Curtir