Clique e assine a partir de 9,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

1 Minuto com Augusto Nunes: A Petrobras devastada pela corrupção e pela inépcia é a obra-prima do Lincoln de galinheiro

  Em outubro de 2010, quando a quadrilha do Petrolão já havia completado seis anos de roubalheira impune, o então presidente Lula caprichou na pose de Abraham Lincoln de galinheiro para dizer o seguinte: “A Petrobras é o maior orgulho do Brasil. É a certeza e a convicção de que este país será uma grande […]

Por Augusto Nunes - Atualizado em 30 jul 2020, 23h41 - Publicado em 19 jan 2016, 17h07

http://videos.abril.com.br/veja/id/23399118de02fca5716527a8e80ad2e5?

 

Em outubro de 2010, quando a quadrilha do Petrolão já havia completado seis anos de roubalheira impune, o então presidente Lula caprichou na pose de Abraham Lincoln de galinheiro para dizer o seguinte: “A Petrobras é o maior orgulho do Brasil. É a certeza e a convicção de que este país será uma grande nação. É a prova mais contundente de que o brasileiro é capaz, é inteligente, não é de segunda classe”.

Passados pouco mais de cinco anos, a empresa devastada pela corrupção e pela incompetência é a prova mais contundente do poder de destruição do lulopetismo. Cotada abaixo de cinco reais, uma ação da companhia petrolífera mais endividada do mundo hoje vale menos que uma garrafa de cerveja. Mas certamente continua valendo mais do que vale um lula.

Publicidade